Vaga para Oficial Técnico De VBG, Deslocados E Género

Ticker

6/recent/ticker-posts

Vaga para Oficial Técnico De VBG, Deslocados E Género

 

Vaga para Oficial Técnico De VBG, Deslocados E Género

A AMASI é uma ONG moçambicana com sede na cidade de Nampula e escritórios em Monapo, Erati e Moma (Nampula), Pemba e Chiúre (Cabo Delgado), pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial Técnico de VBG, Deslocados e Género, baseado em Nampula.

Descrição

O Oficial Técnico de Violência Baseada em Género (VBG), Deslocados Internos (também chamados IDP) e Género será responsável pela prestação de assistência técnica ao pessoal técnico e os subparceiros de implementação para reforçar a sua capacidade de implementar actividades eficazes de prevenção e resposta à VBG e de assistência a deslocados, em conformidade com as directrizes aplicáveis. Também apoiará a equipa técnica a integrar uma abordagem de equidade de género em todas as componentes do projecto (gestão de casos, DREAMS/prevenção primária para adolescentes, de fortalecimento económico).

Responsabilidades

  • Fornecer treinamento, suporte técnico e desenvolver a capacidade da equipa técnica em todos os distritos – oficias de projecto, supervisores de DREAMS/PPA/GC e HIV Pediátrico – para a identificação, atendimento e encaminhamento de sobreviventes da VBG, assim como a prevenção da VBG. Isto inclui a equipa técnica do subparceiro de implementação;
  • Assegurar a formação em cascata e assistência técnica até o nível dos quadros comunitários na provisão de serviços de VBG;
  • Apoiar as equipes locais a encaminhar sobreviventes de VBG aos serviços relevantes;
  • Fornecer treinamento e suporte técnico para desenhar intervenções adequadas para os deslocados e as comunidades anfitriãs;
  • Coordenar com o governo local, as comunidades locais, ONGs de implementação e outras partes interessadas para a provisão de serviços para os deslocados e as comunidades. Isto inclui serviços de VBG, protecção infantil, apoio psicossocial, prevenção e tratamento do HIV;
  • Assegurar que todas as componentes do programa (DREAMS, PPA, GC, fortalecimento económico) tenham uma abordagem de equidade de género;
  • Garantir a implementação de um sistema de feedback junto com os beneficiários (comunidades, deslocados);
  • Coordenar com os outros Oficiais Técnicos e os Oficiais de Projecto nos distritos o plano de actividades específicas;
  • Formar pessoal do projecto e dos subparceiros em VGB, prevenção da exploração e o abuso sexual.

Requisitos

  • Licenciatura em Género, Saúde Pública, Ciências Sociais e/ou Comportamentais, ou uma área relacionada;
  • Pelo menos dois (2) anos de experiência de trabalho num programa de VBG;
  • Pelo menos dois (2) anos de experiencia trabalhando em situações de emergência, com preferência em Cabo Delgado;
  • Experiência na concepção, implementação e gestão de intervenções de prevenção e resposta de VBG e assistência a deslocados;
  • Conhecimentos sólidos de género;
  • Capacidade demonstrada para trabalhar eficazmente com uma série de intervenientes, incluindo representantes governamentais, organizações comunitárias, doadores, e outros intervenientes;
  • Demonstrou sucesso na prestação de assistência técnica eficaz a organizações locais;
  • Excelente capacidade de comunicação, interpessoal e escrita;
  • Capacidade de trabalhar de forma independente e gerir um fluxo de trabalho de alto volume;
  • Competências relevantes em software informático (incluindo, no mínimo, as aplicações padrão no MS Office);
  • Falante nativo de Português. Fluência em Inglês preferida.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura;
  • Três Referências Profissionais.

Nota: Envie sua carta de motivação (1 página) e CV (máximo de 3 páginas), e os dados de contato de três referências profissionais para recrutamento@amasi.org.mz com CC para Mozambique.Resume@fhi360.org. O assunto do email deve ter o nome do cargo e da organização contratante.

Sobre a Empresa

A Associação de Educadores dos Consumidores de Água, AMASI, é uma ONG moçambicana com sede na cidade de Nampula e escritórios em Monapo, Erati e Moma (Nampula), Pemba e Chiúre (Cabo Delgado). Criada em 1996, a AMASI tem ampla experiência em projectos de água e saneamento e HIV, incluindo crianças órfãs e vulneráveis ​​(COVs) e “Determinadas, Resilientes, Empoderadas, Livres de Sida, Mentoradas e Seguras” (DREAMS) para raparigas adolescentes e mulheres jovens (RAMJ). A AMASI está a recrutar candidatos qualificados para o projecto antecipado de COV e DREAMS (FILOVC) financiado por USAID com uma duração de 5 anos (2022-2027). O projecto será liderado pela AMASI nas províncias de Nampula e Cabo Delgado, com a FHI 360 como parceiro de assistência técnica e Ovarelelana como parceiro local de implementação.

Processo de Candidatura

Email: recrutamento@amasi.org.mz

Validade: 03/06/2022

Local: Nampula

Níveis: Licenciatura

Regime: Tempo Inteiro