Por  despacho de 10/05/2021  do  Excelentíssimo Senhor  Administrador do  Distrito de Mandlakazi,  esta aberta o Concurso  de Ingresso no Aparelho de Estado dos Carreira do Agente de Serviço e Auxiliar.

  1. Candidatos

São candidatos  os graduados  da Classe do SNE ou equivalente;

  1. Vagas disponível

Estão disponíveis 13 vagas para o ingresso

Carreira

Vagas

Total

Auxiliares (Servente)1313

Requisitos   para  o ingresso

  1.  a)   Nacionalidade  moçambicana;
  2. b) Idade minima de 18  anos;
  3. c) Sanidade mental  e  capacidade  sica compatível com  a  actividade  de agente  do serviço   (guarda)  e auxiliar(servente);
  4. d) Não ter sido aposentado ou reformado;
  5. e) Serviço  militar regularizada;
  1. 4. Formas  de candidatura

No acto de candidatura,  o candidato  deveni apresentar os seguintes  documentos:

  1. a) Certidão de  Narrativa  Completa de  Registo de  Nascimento ou  fotocopia do  BI autenticado;
  1. b) Comprovativo do NUIT;
  2. c) Certidão de Habilitações  academica  da 7- Classe do SNE ou equivalente  autenticada;
  3. d) Requerimento  para o ingresso no aparelho  do Estado dirigido ao Excelentíssimo   Senhor Administrador Distrital;
  4. e) Declaração do candidate sob compromisso de honra autenticada e;
  5. f) Curriculum Vitae
  1. Local de candidatura

As candidaturas deverão ser submetidas  no Service Distrital  de Educação, Juventude e

Tecnologia de Mandlakazi,  11     partir  do dia 19/05/2021 A   06/06/2021, de segunda a

Sexta-feira, das 07:30  as 15:3Omin.

  1. 6. Critérios de Seleção.

A seleção ira obedecer dois critérios, designadamente:

  1. a) Avaliação curricular com 90% de peso;
  2. b) A prova escrita com 10 % de peso.
  1. Lista de admitidos excluídos

As listas dos admitidos e excluídos serão publicadas  neste Service, hem como os conteúdos, a data e o local da prova escrita pelo juri nomeado para o concurso.

  1. A validade do concurso

0  concurso   e valido  por três (3)  anos contaudo  a partir  da data de publicação da lista de classificação  final em Boletim da Republica nos termos do Artigo 9 do Diploma Ministerial no 88/2005 de 7.8 de Abril.