Facebook penaliza usuários que compartilham desinformação com frequência

Ticker

6/recent/ticker-posts

Facebook penaliza usuários que compartilham desinformação com frequência

Facebook pretende penalizar os usuários que compartilharem informações incorretas com frequência. A empresa colocou novos avisos que notificarão os usuários de que o compartilhamento repetido de notícias falsas pode resultar em “suas postagens caírem para baixo no feed de notícias, para que outras pessoas tenham menos probabilidade de vê-las”

Até agora, a política da empresa é de rebaixar as postagens individuais que são checadas por verificadores de fatos no aplicativo. Porém, já podem se tornar virais antes disso. Com a mudança, o Facebook avisará os usuários sobre as consequências de compartilhar desinformação.

As páginas que forem consideradas infratores reincidentes incluirão avisos pop-up quando os usuários tentarem segui-las. Já os indivíduos que compartilham informações incorretas receberão notificações de que suas postagens ficarão menos visíveis no feed de notícias como resultado. Além disso, as notificações incluirão um link para a verificação de fatos da postagem.

Após de mais um ano em que o Facebook luta para controlar a desinformação sobre a pandemia do coronavírus, a atualização chega para validar a política da empresa. “Quer seja conteúdo falso ou enganoso sobre Covid-19 e vacinas, mudança climática, eleições ou outros tópicos, estamos garantindo que menos pessoas vejam informações incorretas em nossos aplicativos”, escreveu em um blog.

Por outro lado, o Facebook não indicou quantas postagens seriam necessárias para que houvesse redução de notícias. As pessoas que estudam a desinformação dizem que muitas vezes são os mesmos indivíduos por trás das alegações falsas mais virais. 

Fonte: Engadget