Vaga Para Assessor Técnico

 

GIZ – Cooperação Alemã para o Desenvolvimento

A GIZ – Cooperação Alemã para o Desenvolvimento é uma empresa Alemã que oferece serviços a nível mundial, na área da cooperação internacional para o desenvolvimento sustentável.

 

A GIZ actua principalmente mandatada pelo Ministério Federal da Cooperação Econômica e do Desenvolvimento (BMZ), porém, presta serviços também para outras entidades federais, para os governos de outros países, para clientes internacionais assim como para empresas do sector privado.

 

ANÚNCIO DE VAGA Assessor Técnico_ BACKUP Health Baseado na Cidade de Maputo

 

Contexto

A missão do BACKUP Health consiste em prestar apoio a governos nacionais e a parceiros da sociedade civil no período entre Abril de 2020 e Março de 2023. O objectivo é alavancar fundos de mecanismos de financiamento (de saúde) globais para fortalecer sistemas de saúde nacionais. Para alcançar este objectivo, o projecto irá colaborar com parceiros em oito países-alvo (Camarões, Malawi, Moçambique, Nigéria, Quirguistão, República Democrática do Congo, Uganda e Zimbabué) essencialmente em três principais áreas:

 

Fortalecimento da coordenação nacional do financiamento de saúde global: para garantir que a gestão (planificação e implementação) de programas financiados globalmente é coordenada e baseada em estratégias nacionais, levando a sistemas de saúde voltados para necessidades específicas de diferentes grupos.

 

Desenvolvimento das capacidades de instituições seleccionadas nos países parceiros para definir e alcançar prioridades de fortalecimento dos sistemas de saúde relacionadas com financiamento global: estas prioridades podem incluir a  melhoria  das  competências  dos  recursos  humanos  no  sentido  de  fortalecer  os sistemas de saúde, o desenvolvimento das competências organizacionais no sentido de gerir o financiamento global, como gestão de dados, gestão financeira e de riscos, assim como as capacidades técnicas requeridas para funções específicas dos sistemas de saúde.

 

Melhoria da gestão dos serviços de saúde a nível descentralizado, particularmente no que respeita à integração de programas financiados globalmente: por exemplo, através da análise de modelos existentes de serviços de saúde baseados na comunidade e do uso das respectivas constatações para propor um novo modelo de gestão integrada de serviços de saúde.

 

A participação da sociedade civil bem como o alcance de populações-alvo vulneráveis, o respeito pelos direitos humanos e a igualdade de género constituem factores críticos para o sucesso do programa e representam temas transversais do projecto.

 

Responsabilidades

 

O BACKUP Health pretende contratar um/a assessor/a técnico/a qualificado/a que irá trabalhar em estreita colaboração com a equipa do BACKUP (nacional e da sede).

 

As principais responsabilidades do/a assessor/a técnico/a serão as seguintes:

▪     Estabelecer  e  manter  parcerias  bilaterais  e  multilaterais  com  intervenientes nacionais do sector da saúde.

▪     Apoiar  Moçambique  a  identificar  as  necessidades  de  assistência  técnica  na resposta nacional a HIV, TB e malária e no sentido de fortalecer o sistema de saúde em geral e elaborar possibilidades de assistência técnica.

▪     Prestar serviços de assessoria e desenvolvimento de capacidades a instituições e organizações parceiras do BACKUP em Moçambique.

▪     Coordenar e monitorar a implementação de actuais consultorias e projectos relacionados  com  o  Global  Fund  como  parte  do  portfólio  do  BACKUP  e

acompanhar a evolução de outros mecanismos de financiamento global, como o

GFF e a Gavi.

▪   Com  base  na  estratégia  e  no  mandato  do  BACKUP,  contribuir  para  o

desenvolvimento  do  portfólio  e  da  abordagem  de  assistência  técnica  do

BACKUP em Moçambique.

 

Neste contexto, o/a titular da posição irá desempenhar as seguintes tarefas em estreita colaboração com a equipa do BACKUP (nacional e da sede) assim como com as equipas de outros programas relevantes no país:

 

Tarefas

Assessoria técnica (desenvolvimento de capacidades)

▪     Identificar necessidades de assistência técnica (TA) e oportunidades de apoio nas áreas de cooperação do BACKUP, tais como o fortalecimento da coordenação nacional, do sistema de saúde e da gestão dos serviços de saúde a nível comunitário.

▪     Prestar assistência técnica com base nas necessidades identificadas e analisar e incorporar  temas transversais  relacionados  com  as  intervenções,  tais  como comunidades, direitos humanos e género.

▪   Prestar contribuições de âmbito técnico à formulação de políticas, directrizes e

ferramentas, conforme requerido pelas actividades do programa.

▪   Organizar, conduzir e/ou facilitar capacitações em áreas de trabalho relevantes.

 

Gestão e coordenação

▪     Planificar a consultoria e o apoio financeiro a serem prestados pelo BACKUP com base na estratégia geral do projecto e nas necessidades específicas dos parceiros.

▪   Operacionalizar o quadro de monitoria para a contribuição de intervenções no

país para os objectivos gerais e os indicadores do projecto.

▪     Prestar apoio técnico a provedores de assistência técnica locais e internacionais na sua área de conhecimento.

▪   Preparar,  participar  e  relatar  sobre  governação,  reuniões  programáticas  e

técnicas de coordenação de grupos de trabalho.

▪     Gerir e coordenar as intervenções do BACKUP no país (monitoria, elaboração de relatórios técnicos e financeiros, gestão logística de workshops e visitas de campo).

▪   Planificar e apoiar as visitas de provedores de assistência técnica e de pessoal do

BACKUP proveniente da sede.

▪     Apoiar  a  gestão  de  conhecimento  do  BACKUP  através  da  recolha  e documentação de boas práticas e lições aprendidas de processos relacionados com o Global Fund e abordagens de assistência técnica assim como da Gavi e do GFF.

 

Comunicação e networking

▪     Promover parcerias e ligações entre intervenientes-chave relacionados com o Global Fund, actores ligados a doenças específicas e ao sistema de saúde, assim como a Gavi e o GFF.

▪   Promover uma comunicação transparente e a troca de informação entre todas

as instituições e parceiros relacionados com o Global Fund, a Gavi e o GFF.

▪   Representar a GIZ/o BACKUP em reuniões importantes a nível nacional.

▪     Preparar a comunicação do BACKUP e coordenar as relações públicas através da divulgação dos resultados do projecto aos níveis nacional, regional e global (p. ex. em publicações, feeds de notícias e redes sociais).

 

Coordenação com as equipas de outros programas relevantes no país

▪     Coordenar a planificação, execução e monitoria de todas as actividades aos níveis nacional, regional e distrital, em colaboração com as equipas de outros programas relevantes no país de forma a assegurar um apoio coerente e harmonioso da GIZ no sector da saúde.

▪   Se necessário, conduzir reuniões regulares com gestores de projecto e colegas

responsáveis de outros programas da GIZ em Moçambique de forma a dar actualizações quanto ao avanço, informar sobre resultados alcançados e receber orientação em relação aos principais desafios.

 

Outras funções/tarefas adicionais

▪   Desempenhar outras funções e tarefas a pedido da direcção do BACKUP/da

GIZ.

 

Qu alificações, competências e experiência requeridas

Qualificações

▪     Grau universitário (nível de mestrado) numa área relevante para os objectivos do programa, com foco em saúde pública, políticas públicas ou estudos  de desenvolvimento. Mestrado em saúde pública (gestão) constitui uma vantagem.

 

Experiência professional

▪   Pelo menos, 3-5 anos de experiência profissional numa posição equiparável.

▪     Experiência de trabalho no sector da saúde em Moçambique com instituições públicas e/ou privadas (p. ex. no controlo de doenças, prestação de serviços de saúde, desenvolvimento comunitário).

▪   Experiência  com  programas  de  saúde  financiados  por  fontes  nacionais  e

externas.

 

Outros conhecimentos, competências adicionais

▪   Domínio do panorama de saúde global.

▪     Experiência  com  o  Global  Fund  e/ou  a  Cooperação  Alemã  constitui  uma vantagem.

▪     Profissional altamente motivado, com sentido de trabalho em equipa e disposto a assumir responsabilidade.

▪   Fortes competências de gestão e organização.

▪   Atitude positiva perante a mudança.

▪   Tolerância a situações ambíguas e stress.

▪     Excelentes  competências  interpessoais  e  capacidade  de  interagir  de  forma efectiva em sistemas de cooperação complexos com diferentes intervenientes (incluindo oficiais séniores do governo, principais representantes da sociedade civil e da população-chave, assim como implementadores e beneficiários do projecto).

▪   Boas competências de escrita e comunicação.

▪     Competências  linguísticas:  excelente  domínio  falado  e  escrito  de  inglês  e português.

▪   Bons conhecimentos de TI.

▪     Disponibilidade para desenvolver as capacidades conforme necessário mediante as tarefas a desempenhar.

▪   Disponibilidade para viajar regularmente.

 

Candidatura e prazos

Os interessados devem enviar o curriculum vitae eletronicamente acompanhado de uma carta de motivação, todos os documentos em inglês, indicando o assunto: “Assessor técnico_BACKUP Health” e demais documentos relevantes respeitante à escolaridade/ grau universitário e experiência profissional, a:

 

GIZ – Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit

Direcção dos Recursos Humanos Maputo, Moçambique recruitment-moz@giz.de

 

Data-limite de recepção das candidaturas: 20 de Novembro de 2020. Nota: Apenas candidatos qualificados serão notificados.

Postagem Anterior Próxima Postagem