Polícia em Moçambique paraliza contrabando de equipamento informático

 A polícia da república de Moçambique aprendeu na última quinta-feira diversos equipamentos informáticos na rota de contrabando em resano García, distrito de moamba, provincia de Maputo. 

O material informático está avaliado em. Mais de quatro milhões de meticais, incluí 72 computadores portáteis uma máquina de registo electrónico, dois scanners, cinco pastas para laptops, e uma quantidade não especificada de produtos de desinfecção. 

Segundo Carminia Leite, porta voz do camando da PRM a nível da província de Maputo, a apreensão aconteceu por volta das 17:00 horas no bairro acordos de Lusaka, nas imediações do posto fronteiriço de ressano Garcia em resultado da pronta intervenção e patrulhamento contínuo para garantir a ordem e segurança naquel ponto do pais. 

A polícia refere que fazia parte do material contrabandeado 200 cartões sem predefiniçao do seu uso,oque segundo as autoridades despertou curiosidade e suspeitas de que poderiam ser usados para falsificação de de documentos de identificação e cartões bancários. 

Leite diz que o produto de proveniência sul africana e com destino a cidade de Maputo era transportado numa viatura Mitshubish canter. 

Explicou que para lograr os seus intentos, contrabandistas contornaram as autoridades aduaneiras para escoar o produto usando pela mata, violando desta forma a fronteira. 

De acordo com a fonte, o produto apreendido será entregue as autoridades alfandegárias para o devido encaminhamento e seguimento dos processos subsequentes. 

Fonte: Canal moz

Postagem Anterior Próxima Postagem