Deslocados de ataques  passam necessidades em Gôndola

Continuam a chegar na vila de Gôndola, província de Manica ,familias deslocadas que fogem da zona de conflitos armados por temerem as incursões de homens armados. 

São familias que revelam situações que tem sido protagonizadas, no seu entender, pelos homens da auto proclamada junta Militar da renamo lederada por Mariano nhongo nas regiões remotas do distrito de Gôndola. 

Algumas famílias que fugiram das referidas zonas relatam ao jornal parte das actuações dos referidos homens que forçam-nas a abandonar tais lugares para locais seguros. 

Risalina Domingos que se encontra acomodada no bairro de mazicuera desde último sábado, contou que os homens armados chegaram na casa vizinha, tendo roubado 50 mil meticais de um comerciante local, para depois amararem-no. 

Grupo nhongo chegou lá e amarrou o filho do, senhor chequete. 

Manuel Joaquim é outro morador de Mucorodzi que espreitou a morte, depois que dois vizinhos seus foram amarrados e também espancados por homens armados da renamo. Liderados por Mariani nhongo, do movimento rebelde que insurgiu-se com a actual liderança da renamo, tendo por conseguinte começado e encetar uma série de ataques armados na região centro do pais, aliás segundo sua própria reivindicação em impresa nacional e estrangeira. 

Fonte: jornal "O Pais"

Postagem Anterior Próxima Postagem